Neptuno-Saturno e a Água

turtle-54_1280

Neste momento, passamos ao nível global por um trânsito desafiante entre Neptuno e Saturno. Descodificando este jargão astrológico, passo a explicar as energias dos envolvidos:
Neptuno é o senhor das Águas, e simboliza a vida interior, o mundo dos sonhos, outros campos astrais, o cinema (a ilusão), a dissolução de limites pessoais. O deixar de ser Um para ser parte do Todo.
Saturno é o senhor das regras e do elemento Terra. Dos limites, do socialmente aceite. Simboliza as estruturas, a ordem, o rigor e a seriedade.
Quando estes dos senhores se encontram e medem forças de modo a encontrar um equilíbrio, somos todos obrigados a encontrar pontos de integração. Trata-se de um dilema global que cabe a cada um de nós trabalhar individualmente.
O aspeto formado entre entres dois é uma quadratura que promete tensões externas e internas. Sendo entre o signo de sagitário – fé, ideais mais altos, integração de culturas e espírito, e o signo de peixes – alma, dissolução do ego, emoção, sentimento, religião, vivência espiritual, tem-se uma ideia bem clara de qual a dimensão de vida que será colocada à prova.
Estas tensões vão verificar-se ao nível global, a humanidade a questionar a validade das religiões, o seu papel – integrativo ou desagregante, e podem esperar mudanças que nos afetarão como um Todo. As energias distorcidas que se agregam às várias religiões da Terra – dinheiro, energia sexual, poder, influência,…- serão colocadas a julgamento, baseadas em novas estruturas que se deseja criar. Plutão passando lentamente pelo signo de capricórnio ajuda à festa fazendo com que todas e cada estrutura corrompida caiam. Ao nível social e ao nível do indivíduo. Dependências, tachos, esquemas, toda a energia distorcida virá à tona. Plutão é um planeta de elíptica lenta e estará ainda uns anos a fazer o seu trabalho de limpeza. Dá tempo para habituar às mudanças e fazer nascer novas estruturas.
Ao nível individual, seremos obrigados a atentar se temos dado atenção à dimensão de vida do espírito . O campo das emoções e sentimentos tem sido bastante negligenciado nesta era cartesiana que agora termina. O campo do espírito, limitado a uma vivência religiosa que é parca na sua capacidade de elevação do ser. Queremos mais. E agora temos uma hipótese de conseguir. A religião deve ser a interna. A do encontro com a Divina Fonte que vive em nós e que temos a honra de manifestar na matéria. O poder do indivíduo acordado, e que conhece o seu poder. As estruturas, os valores a materializar, a verbalizar, devem ser os internos, a nossa visão mais elevada de nós mesmos, manifestada.

Dado que Neptuno é simbólico do elemento água e estamos a descobrir a sua ordem e estrutura, por imposição de Saturno, acrescento uma informação ligada a este elemento e os mais recentes estudos que nos mostram o seu poder, a extensão da sua capacidade e a ligação única que estabelece entre nós – como família humana, como família terrestre, global – e como nos liga. Ver Vídeo:


As conclusões a retirar são imediatas:
A água tem memória
A água é um gigantesco armazém de informação
A água guarda a marca da energia que se aproxima dela
A água reflete os padrões da energia que a rodeia, dos indivíduos naturais – flores, plantas, animais, humanos…
A água retém em si toda a informação por onde passa. E todos sabem que a água corre. Ela flui pelo globo terrestre, por dentro, por fora, em vários estados. Trata-se de uma rede de energia que nos rodeia, em forma de nuvens, mar, rios, em gelo ou fluindo. Passa pelos nossos corpos quando a bebemos, retemos parte e devolvemos ao todos as nossas próprias águas.
Agora questiono, que marca queres deixar neste manancial de informação global? Qual o teu padrão energético? O que partilhas com o todo?
Eu escolhi marcar toda a água que passa por mim com amor e luz, gratidão e restabelecimento de equilíbrio. Afinal, é essencial.
Acrescento ainda a informação, num vídeo muito resumido, (procurem Dr Marasu Emoto no YouTube para obterem mais informação) que sinto de suma importância no conhecimento da manifestação da água:


Consegue perceber-se a dimensão do poder de influência da mente e emoção humana na água. Consegue perceber-se o nosso próprio poder. Usem este novo conhecimento. Está disponível e neste período em que temos de lidar com o dilema Saturno-Neptuno, esta informação carrega consigo novas possibilidades, de novas atitudes, baseadas em respeito, em gratidão por esta malha amorosa que nos nutre, que nos sacia e mantém vivos. Os padrões divinos de ordem e beleza manifestam-se materialmente nas impressões deixadas na água, quando iluminadas pelas mais altas vibrações energéticas.
Atentem também a que, a energia emocional e mental com que se cercam por meio de pensamentos negativos e de julgamento deixa marca na água que está em nós contida. Vivemos nesta energia diariamente e em contínuo, a devolvemos à natureza. É primordial que se amem, que se aceitem e se acarinhem. A água de que são feitos vai refletir essa mudança de vibração individualmente (surtindo efeitos na saúde, no amor-próprio e atitude perante a vida) e no Todo também. Podemos emanar pensamentos de amor e luz e equilíbrio para a água, sempre antes de a bebermos, quando lavamos as mãos ou lavamos a louça, tomamos banho, ou passamos por um rio, riacho, mar.
Lembrem-se que a água retém a memória e leva essa determinada energia, fazendo-a circular pela Terra, abarcando toda a vida.
Gratidão, Diana A.

 

One thought on “Neptuno-Saturno e a Água

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s